Posts Tagged 'Roland FR7X'

MUSICTECH – NOVIDADES 2016

Na Feira de Música de Frankfurt a MUSICTECH apresentou seus modelos de acordeões digitais.
Nota-se uma evolução importante da tecnologia, em relação aos primeiros exemplares.
Externamente, os modelos continuam com uma apresentação muito satisfatória.
Observamos que o peso final prometido gira em torno de apenas 5 kg.
Para nós, do Brasil, a grande dificuldade ainda continua sendo o trabalho de pós-venda.
Não nos basta adquirir o instrumento.
É necessário que disponhamos posteriormente de peças de substituição.
Também precisamos de serviços de assistência técnica qualificados.
Quem representará a Musictech, pelo menos nas capitais do Brasil?
Qual será o custo dessa assistência e de peças?
Quais as limitações desses modelos e os defeitos que podem aparecer?
Qual a garantia de continuidade?
O mercado de acordeonistas brasileiros é enorme, para não aludirmos ao restante da América Latina.
Seria bom se as empresas entendessem essa grandeza e investissem integralmente aqui.
Veja este vídeo e os seguintes do YouTube.

MARIO MUSCHI e FR7X com BK7-M

106. Uma alegria ver novamente nosso colega acordeonista Mario Muschi com seu FR7X. Sua emoção ao executar “Let Me Call You Sweetheart” compartilha os sentimentos dessa suave melodia. Ele soma ao acordeon os recursos do módulo BK7-M, também da Roland. O simples e belo, no conjunto da arte musical. Aprecie e comente aqui.

CHORINHO AO LUAR

Abel Ferreira é mineiro de Coromandel.
Nasceu em 15 de fevereiro de 1915.
Iniciou seus estudos musicais de modo autodidata.
Teve aulas de clarineta com Hipácio Gomes.
Estudou teoria musical e aprimorou-se, vindo em 1935 para São Paulo.
Daqui viajou para o Rio de Janeiro e diversas cidades do Brasil.
Compôs, acompanhou e integrou muitos grupos de musicistas e cantores.
Excursionou para Europa e URSS.
Faleceu em 13 de abril de 1980, no Rio de Janeiro.
“Acariciando”, “Doce Melodia”, “Levanta Poeira”,
“Chorinho do Sovaco de Cobra”, “Chorando Baixinho”,
entre outras peças, são melodias muito apreciadas de seu repertório.
Em “Chorinho ao Luar”, de 1951, Abel mostra bem a formosura da inspiração brasileira
sob as delicadas nuances do choro.
Observe os marcantes graves dos baixos standard do BJP 462.

Partitura: Chorinho ao Luar para Acordeon

MARIO MUSCHI – “Tango Nel Ticino”

105. Neste vídeo, Mario Muschi apresenta seus arranjos com o Roland FR7X.
No acompanhamento, o módulo BK7-M.
Trata-se de um tango de sua própria composição.
Veja este e outros trabalhos sequenciais desse extrovertido acordeonista.

SERGIU POPA e a FR8X

104. Com o acordeon Roland FR8X, Sergiu Popa nos apresenta o “Balkan Tunes”.
O modelo é “Dallapé”, cujo acabamento é mais refinado.
Esse modelo contém as lendárias vozes do instrumento acústico que tipificou a marca.
Outros vídeos completam em sequencia esse trabalho de Popa.
Vale a pena ver.
Comente aqui.

STEVE GORDON e o FR7X

103. STEVE GORDON apresenta a “Rhapsody in Blue”, em arranjo de Galla-Rini.
Suas preferências de sonoridade buscam revelar as possibilidades orquestrais do FR7X.
Ele utiliza bem a ferramenta de dividir o teclado para sons orquestrais diferentes.
Da mesma forma, os grupos “dual” do instrumento.
Aprecie e comente aqui.

MIGALHAS DE AMOR – Jacob do Bandolim

102. Fiz este arranjo de “Migalhas de Amor” para acordeon e violão de 7 cordas.
O arranjo foi dedicado ao musicista Gino di Rosa.
O teclado do Acordeon é fiel à melodia original.
Os baixos sustentam os acordes, aproveitando os contrabaixos mais próximos à intenção da música.
O violão, sempre muito livre, acrescenta temas que vão navegando ao lado dos originais.
Jacob do Bandolim compos este chorinho em maio de 1952.
Meu estudo em Sol Menor mostrou um tema delicado.
A música passeia por sonoridades multifacetais, com harmonias muito soberanas.
Jacob teria dito que suas composições eram “destinadas mais a músicos”.
Neste caso, o chorinho é mesmo refinado.
Mas, por isso mesmo, traduz bem a criatividade musical brasileira.
Fiz esta gravação sem edição de áudio, atendendo pedidos de apreciadores que gostariam de ouvir o som de acordeon do Roland FR7x.
Experimente o arranjo e comente aqui.

Partitura de Migalhas de Amor
Migalhas de Amor para Acordeon e Violão 7 Cordas

FR8X e PEDAL DO FR7X – LINDA HERMAN

101. LINDA HERMAN mostra a interação entre o Acordeon Roland FR8X, o Módulo Roland BK7-M e o Pedal do Acordeon Roland FR7X.
Forma-se assim uma orquestra completa com apenas um músico.
A maleabilidade do acordeon faz o swing da música, aproximando a onda eletrônica da sonoridade natural.
Confira e comente.

MICHAEL MAJSTOROVIC e FR8X

100. Utilizando um Acordeon Roland FR8X, Michael Majstorovic apresenta uma variação de “Carnaval de Veneza“.
É um trabalho bem exótico.
As respostas do instrumento mostram que a Roland vem conseguindo traduzir com qualidade singular o som acústico do Acordeon.
Alguns efeitos do FR8X produzem uma agradável modulação sonora, realçando a técnica do intérprete.
Compare e comente.

RASQUEADO INTEIRIÇO

99. Nesta composição tento resgatar
a memória do rasqueado tradicional,
do Estado de Mato Grosso do Sul e regiões limítrofes.
O acordeon vai conduzindo o baile,
onde pessoas de todas as idades dançam
sob o inebriante balanço ternário
desse ritmo muito alegre.
Esta canção tem o nome de “Rasqueado Inteiriço”
porque utiliza as 41 notas do teclado
do Acordeon padrão de 120 baixos.
Assim é o canto que enfeita esta melodia:

“Agora eu vou dançar
com esse acordeon.
Ele faz uma canção
que toca muito fundo
o nosso coração.

Quanto amor tem nesse som,
seu balanço é demais bom.
De mãos dadas nós rodamos
cada vez mais abraçados,
ai, Amor…
Muito alegre estou.

Dança, dança este compasso,
fica dentro do espaço
deste ritmo bom.
Tradição que eu gosto muito
e quero transmitir
às novas gerações.”

Partitura: Rasqueado Inteiriço


Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 1.213 outros seguidores


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.213 outros seguidores