Posts Tagged 'Partituras de Acordeon'

MIGALHAS DE AMOR – Jacob do Bandolim

102. Fiz este arranjo de “Migalhas de Amor” para acordeon e violão de 7 cordas.
O arranjo foi dedicado ao musicista Gino di Rosa.
O teclado do Acordeon é fiel à melodia original.
Os baixos sustentam os acordes, aproveitando os contrabaixos mais próximos à intenção da música.
O violão, sempre muito livre, acrescenta temas que vão navegando ao lado dos originais.
Jacob do Bandolim compos este chorinho em maio de 1952.
Meu estudo em Sol Menor mostrou um tema delicado.
A música passeia por sonoridades multifacetais, com harmonias muito soberanas.
Jacob teria dito que suas composições eram “destinadas mais a músicos”.
Neste caso, o chorinho é mesmo refinado.
Mas, por isso mesmo, traduz bem a criatividade musical brasileira.
Fiz esta gravação sem edição de áudio, atendendo pedidos de apreciadores que gostariam de ouvir o som de acordeon do Roland FR7x.
Experimente o arranjo e comente aqui.

Partitura de Migalhas de Amor
Migalhas de Amor para Acordeon e Violão 7 Cordas

FLAMBÉE MONTALBANAISE – Gus Viseur, 1930

Aprecie esta partitura da Valsa “Flambée Montalbanaise”.
Gus Viseur se notabilizou como um dos nomes singulares da música francesa e européia.
Os raros vídeos em que ele aparece mostram um artista virtuosíssimo e muito humilde.
É um grande exemplo de acordeonista!
Comente o desempenho da valsa e como recebeu minha partitura. Obrigado.

Partitura: 1930 Flambée Montalbanaise

Site de Acordeon em USA

A acordeonista e editora Rita Barnea nos apresenta seu trabalho.
Divulga notícias sobre músicos, instrumentos midi e acústicos, shows e eventos de Acordeon.
Tem partituras disponíveis.
Conheça o site.

http://www.accordionusa.com/

PARTITURAS

Agradeço a visita de todos ao meu blog.
Tenho aqui muitas partituras de canções brasileiras e internacionais.
Se for de seu interesse, basta escrever-me para consulta.
Abraços.

SUBLIME TORRÃO

Esta bela peça de Genival Macedo representou de modo ímpar a personalidade da Paraíba.
O autor a cantou em 25 de janeiro de 1937, quando foi inaugurada a Rádio Tabajara, em João Pessoa.
Não obstante o Hino Oficial do Estado, “Sublime Torrão” quase é considerada a música mais representativa da alma paraibana.
Letra e melodia são, realmente, muito expressivas da “namorada do Brasil”, cuja história e notável cultura têm causado admiração a todos.
Fiz um arranjo para Acordeon, em La Bemol, rítmo de baião, conjugando as interpretações de Marinês, Clã Brasil, Banda da Polícia Militar do Estado da Paraiba e algumas transcrições para Clarinete que recebi de João Pessoa.
Experimente e comente aqui.

Partitura de “Sublime Torrão”
Sublime Torrão em Ab, para Acordeon
Letra da Música
Sublime Torrão

Vista Aérea de João Pessoa (Paraíba), vendo-se a Lagoa, no Parque Solon de Lucena


Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se aos outros seguidores de 1.348