Arquivo para março \20\UTC 2013

CHANGO SPASLUK E O CHAMAMÉ

74. Em Corrientes, Argentina, Chango Spasluk se apresenta no Festival Nacional do Chamamé.
Sem perder o rumo do tradicional, Chango incorpora ao Chamamé um toque de atualidade, com muita percussão e instrumentos de corda.
Os jovens cantores que aparecem no vídeo são um conforto. Conforto por podermos saber que a musicalidade tão singular desse ritmo latino vem se perpetuando.
O novo busca no antigo a base da continuidade, da música boa, cheia de sentimentos, rica nas figuras da natureza que busca retratar.
Vale a pena conferir este filme, de 17 de janeiro de 2012.
Realço a melodia “KM 11“, de Cocomarola, em versão surpreendente no vídeo.
Está aberta a porta, nesse campo, para Instrumentos Midi, cujos fabulosos recursos poderão engrandecer os festivais, vestindo-os com a roupa da modernidade eletrônica, porém sem descaracterizar o típico som que herdamos de Mario Del Transito Cocomarola e de outros músicos de sua escola.

Anúncios

CEZAR E PAULINHO INCLUEM A FR7X NO DVD, COM DIEGO FERNANDO B. DOS SANTOS

73. A dupla sertaneja Cezar e Paulinho, em seu trabalho de vídeo “Alma Sertaneja“, tem DIEGO FERNANDO B. DOS SANTOS como Acordeonista.
Diego faz ali um trabalho diferenciado, muito bonito mesmo, com a Roland FR7X.
Nota-se nos acompanhamentos a suavidade do instrumento, correspondendo plenamente à expectativa do ouvinte.
Nesse caso, a sonoridade da FR7X coincide com a tradicional que se espera do instrumento.
Diego toca com muita eficiência. Seus fraseados valorizam a interpretação dos cantores.
Sem desmerecer os outros músicos da Banda, o vídeo poderia ter dado mais luz para o Acordeonista.
Talvez esse pequeno destaque nos aproximaria mais do conteúdo da alma sertaneja que, sem dúvida, está bem retratada no DVD.
Um belo trabalho de todos. Valeu Diego!
Confira e comente aqui.

O Jazz de Antonino DeLuca e Frank Petrilli

72. Busco a novidade do FR7X.
Mas, é inevitável, o acústico veio antes do Midi.
A beleza das harmonias jazzísticas evoca Frank Marocco.
Seu recente passamento deixa sentida lacuna no mundo acordeonista.
Neste vídeo, Antonico DeLuca e Frank Petrilli mostram o jazz suave que Marocco apreciava.
No contrabaixo, Sean Brogan.
Na bateria, Wes Anderson.
Esqueça tudo, por alguns momentos. O acordeon chama seus sonhos.

JOSEPH NATOLI e as extensões do Acordeon FR7X

72. Os recursos do FR7X estão sendo plenamente estudados.
O Acordeon, ao tempo em que mantém suas características conhecidas, possibilita múltipla investigação sonora.
Sozinho, simula a Filarmônica.
Estimula a criatividade do músico, alcançando patamares inacreditáveis.
Será que a música ganhou contornos inéditos?
Veja o vídeo de Joseph Natoli e deixe sua imaginação navegar nesse universo infinito.